sexta-feira, 8 de junho de 2007

Compre Batom

Era mais uma tarde qualquer em que ela saia de casa para a faculdade. Mochila nas costas e aquela pasta A3 cheia de desenhos e pinturas em nanquim. Pensava provavelmente no que poderia pintar se a professora encomendasse mais uma pintura em pontilhismo. E seguia mergulhada naqueles pensamentos de estudante no começo da faculdade.

Ela nem via direito o que se passava ao redor (era distraida até demais, a menina) e foi exatamente por isso que se assustou tanto.

Mendiga: Ô menina, dá teu batom!

Menina: O que?!

Mendiga: Teu batom. Esse que tá na tua boca! Eu quero ele agora.

Menina: Mas que batom?!

Mendiga: Esse aí que cê tá usando...

Menina: Mas não é batom. É minha boca. Ela é assim mesmo.

Mendiga: Vermelha desse jeito?! Sem batom?

Menina (esfregando os lábios): É sim, olha! Minha boca é vermelha mesmo...

Mendiga (intercalando olhares surpresos entre a boca e a mão branca da estudante): Valei-me, nossa senhora! Tua boca é bem vermelhinha mesmo.

A velha não se conteve e se precipitou para esfregar os lábios da menina com os dedos.

Mendiga: Que boca linda você tem! Parabens, viu? Cê faz alguma coisa pra ela ficar assim?

Menina (assustadíssima, quase petrificada): Não. Ela é assim desde que eu nasci...

Mendiga: Parabéns.

Menina: Brigada.

E o ônibus chega ao ponto. Por um segundo, a estudante pensou em deixar o ônibus ir: assim ela poderia voltar para casa, lavar a boca com seu sabonete. Mas se o fizesse, ela se atrasaria para a aula. Decidiu subir no ônibus: lavaria a boca ao chegar na faculdade. Sim, aquela era de fato era a opção mais nojenta, entretanto naquele tempo, a menina ainda era empolgada com a possível futura profissão, responsável e pontual.

6 comentários:

Chirla disse...

Obrigada pelos elogios e mocróbios, dona mendiga!!!!!!

Bom, no fim das contas vc está bem vivinha até hoje... Mal não fez!! rsrsrsrs

Chirla disse...

oppss... mIcróbios...

Vc com seus lábios vermelhos e eu com minha dislexia virtual...!!

bi disse...

Seus lábios são assustadoramente vermelhos...e não é mesmo batom! =)

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Paula disse...

huahaua, a história tá mto bem escrita. Mas confesso q ri mais qdo vc me contou pessoalmente, com suas caras e bocas! É cada uma... já falou do tombo? Ou do cara das pinturas? haha, não quero estragar surpresas!
Oow menina cheia de histórias!
E q saudades!

Inconstância disse...

tadinha a mais empolgada com a faculdade...dexa chegar no ultimo semestre...ela nao quer mais nem ouvir em falar nanquim, projeto...bahhhh que sacoooo!!!1
hauahuahauahua

=D